Design thinking para RH: saiba como aplicar na sua empresa!

O processo criativo de um designer tem muito a nos ensinar sobre gestão de pessoas. Esse profissional trabalha com a mente aberta para vários testes — como traços, cores e tipografias —, além da curiosidade de pesquisar novas ideias.

Nesse contexto, criou-se o design thinking, que significa “pensamento de design”. Portanto, a essência dessa metodologia é fugir do pensamento tradicional ao adotar um novo mindset. Se você quer saber como aplicar o design thinking para RH, acompanhe este artigo. Boa leitura!

O que é design thinking?

Design thinking é um método criado para acompanhar a tendência inovadora existente no mercado. Apesar de ser muito utilizado no cenário das startups, ele não depende diretamente de tecnologia. Assim, seu objetivo é explorar novas ideias de diversas maneiras. A metodologia é focada em ações para tomar a melhor decisão ao analisar o ponto de vista do outro. Assim, ela se divide em cinco fases específicas (apresentadas a seguir), de modo a solucionar os problemas por meio da criatividade e colaboração coletiva.

Como aplicar a metodologia na gestão de pessoas?

Cada indivíduo tem a sua percepção individual, além de necessidades distintas. Ao aplicar o design thinking, você passa a tomar decisões com base na experiência dos seus colaboradores. Veja como fazer.

Empatia

A empatia é a essência do design thinking, portanto, é necessário se colocar no lugar de cada colaborador. Escute suas dores, entenda seu dia a dia e quais tarefas realizam. Assim, conseguirá pensar maneiras de proporcionar maior bem-estar.

Definição

Identifique quais são as dificuldades que seus colaboradores enfrentam e quais fatores podem estar relacionados à desmotivação e à falta de comprometimento, como:

  1. recursos inapropriados;

  2. processos confusos;

  3. baixa remuneração;

  4. excesso de cobranças.

Idealização

Reúna a equipe para discutir quais ações poderiam solucionar os problemas. Aqui, vale um brainstorming para aproveitar as ideias. Proponha, ainda, que todos pesquisem outras práticas já validadas por outras empresas para as opções serem realistas.

Prototipação

Prototipar é criar uma versão simplificada do projeto. É o momento de providenciar recursos para solucionar os problemas. Todas as carências precisam ser supridas, no entanto, não significa que é a hora da mudança total.

Testes

Por fim, essa é a fase de comprovar a efetividade das ações implementadas. Faça pesquisas e mensure resultados, mas não deixe de ouvir a equipe. Ela continua sendo seu principal termômetro.

Quais resultados esperar com o design thinking para RH?

O design thinking estabelece uma relação de compartimento profunda em todos os setores. Isso melhora a performance da equipe pelo aumento da confiança. Confira os resultados mais esperados dessa nova prática.

Melhora da produtividade

Ter as necessidades ouvidas aumenta o índice de satisfação no trabalho. Com isso, o colaborador fica mais motivado porque vence os entraves que outrora o impediam de exercer sua função.

Aumento da empatia

Quando você oferece a oportunidade do colaborador expressar suas opiniões, demonstra que se importa com o que sente. Isso cria um elo emocional ao permitir que o funcionário se coloque no lugar da gestão, assim como fizeram com ele.

Otimização de processos

A falha de comunicação é a grande vilã da melhoria dos processos e qualidade do trabalho. O design thinking melhora a performance da equipe, porque permite entender o fluxo de um trabalho e a complexidade de uma tarefa por diversos âmbitos.

Engajamento da equipe

Já pensou em ter um time mais comprometido com os objetivos da organização? Pois, é isso que você também ganha com o design thinking para o RH. Ao envolver-se na tomada de decisão da empresa, o colaborador se sente parte do projeto e cria visão de dono.

Assim como o consumidor tem mudado com a transformação digital que vivemos, o colaborador também. Por isso, a inovação é um fator essencial em todos os processos na gestão de pessoas.

As empresas precisam adotar novas práticas para aproveitar melhor o potencial da equipe. Assim, devem incentivar a ajuda mútua por meio do compartilhamento de experiências e da criatividade. Com o design thinking você consegue estabelecer essa nova cultura organizacional.

Nosso artigo foi interessante para você? Então, siga-nos nas redes sociais, acompanhe de perto nossas publicações e descubra como melhorar seus resultados de gestão! Estamos no LinkedIn, Facebook e Instagram!

Posts recentes

Ver tudo